sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Vende na praia

Vende na praia
Vende na praia, upload feito originalmente por pqueirozribeiro.


Quebra do paradigma.
Pensando nisso, em quebra de paradigmas, lembrei dessa cena muito interessante. Um homem sem o ante braço esquerdo, vendendo cangas e saídas de praias. Essa cena pareceria comum se não fosse a dificuldade para tocar o seu negócio. A dificuldade foi superada com treinamento, força de vontade e criatividade. Para facilitar a sua venda, o vendedor enrola em forma de corda as cangas e com isso, fica mais fácil transportar pela areia. Assim, quebrando os paradigmas de visualização essa é a forma mais interessante de expor o seu produto. Quando ele, com a sua dificuldade, para na frente de um cliente e desenrola o seu produto, ele chama a atenção de todos em volta. Vende por dia mais de 150 cangas e saídas de praia.

3 comentários:

Flavina disse...

Nossa sociedade possui uma visão muito preconceituosa sobre pessoas qualquer tipo de deficiência, rotulando-os como diferentes e até mesmo como incapazes, o que, em muitos casos, se deve a falta de informações das pessoas, como também a dificuldade em aceitar aquilo que aparentemente foge da normalidade. Vivemos em uma sociedade em que ninguém é igual a ninguém, na verdade somos todos diferentes, e são estas diferenças que nos fazem "especiais".


DEFICIENTE-MARIO QUINTANA
"Deficiente" é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.

"Louco" é quem não procura ser feliz com o que possui.

"Cego" é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.

"Surdo" é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.
"Mudo" é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.

"Paralítico" é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.

"Diabético" é quem não consegue ser doce.

"Anão" é quem não sabe deixar o amor crescer.

E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois:
"Miseráveis" são todos que não conseguem falar com Deus."

Baraçal-press ® disse...

As fotos são verdadeiras galerias de bom gosto e técnica. Não tenho tempo de visitar os amigos como gostaria de fazer por causa das minhas tarefas pelo jornal e agradeço muito as visitas. Abraço

JS TREINAMENTOS VAREJO disse...

O i-pod ficou ótimo!