segunda-feira, 8 de outubro de 2007

Bem-te-vi


Bem-te-vi, upload feito originalmente por pqueirozribeiro.

O bem-te-vi do cajueiro, todos os dias aparece para minha alegria.



Ver no Escruro

No escuro, onde a beleza falsa e traiçoeira
hoje tão estereotipada
e produzida artificialmente
não pode mais ser alvo de admiração

um belo pássaro, que conhece a verdadeira
não liga para mais nada
exceto para traduzir o que sente
compondo para ela uma linda canção.


Claudia Fernandes

4 comentários:

Malu Cirilo disse...

Menino
Outra foto muito bonita, todos os dias acordo com ele cantando.Parabéns !!
Beijinhos

Flavina disse...

Jardim da Fantasia
Paulinho Pedra Azul
Composição: Paulinho Pedra Azul

Bem te vi, bem te vi
Andar por um jardim em flor
Chamando os bichos de amor
Tua boca pingava mel
Bem te quis, bem te quis
E ainda quero muito mais
Maior que a imensidão da paz
Bem maior que o sol
Onde estás?
Voei por este céu azul
Andei estradas do além
Onde estará meu bem?
Onde estás?
Nas nuvens ou na insensatez
Me beije só mais uma vez
Depois volte prá lá.


Adorei a foto! E esse seu olhar que está cada dia mais apurado... parabéns!
Beijos meus

Maris Stella disse...

Ah, os pássaros, o símbolo da própria beleza, suas penas num colorido maravilhoso, cores que a natureza nunca erra ao combinar.
Nesse poema, uma crítica bem apropriada aos dias de hoje quando se cultua o que é artificial e a naturalidade nos fornece tanta coisa interessante que nem sabemos aproveitar.
Adorei,Paulo.
Beijos

Claudia Fernandes disse...

Que lindo q ficou, Ribeiro...
A foto ficou muito encaixada com o poema...
Sua amiga aqui em cima matou a charada. rs...
É exatamente disso q trata a poesia.
Bjo gde p vc.